Picture
Havia um tempo em que eu me deliciava com seu amor
Que viver era somente um motivo para estar ao seu lado
Até meu coração ser corrompido com chamas
Que passaram a consumir e a queimar meus sentimentos
Mesmo queimando por dentro, meu coração ficou frio
Tomado pelo vazio, criado por quem eu mais admirava


Minha vida entrou em um abismo onde respirar era dificil
Não conseguia olhar para o céu, o sol virou meu inimigo
A solidão era um conforto, ao mesmo tempo em que me maltratava
As trevas faziam-me companhia, o que eu sentia entrou em coma
E até o aroma que a vida exalava me fazia mal
Me levando a conflitos que eu nem imaginava


Foi quando então o sol foi ao meu encontro
Buscando entender porque eu me sentia assim
Sua mão. . . (Deus! Que conforto!!) 
me agarrou e despertou o que havia morrido em mim


Senti meu sangue ferver, meu coração havia renascido
Os medos foram passando, a solidão... me deixando
Sentimentos voltaram como se nunca tivessem partido


Vejo alguém. . . vejo!E que alegria eu sinto!
Uma sensação que há tempos não sentia
O que era medo, frio e trevas
Hojem voltam a ser paz, calor e dia
 
 
Picture
É RUIM TE VER PASSAR SEM QUE SAIBA
QUE VIVE A MEXER COM MEUS SENTIMENTOS
FAZENDO-ME SOMENTE ESPERAR
POR UMA RESPOSTA, POR UM MOMENTO


EM UM SUSPIRO SOU SÓ O MEDO
EM UM INSTANTE MINHA ALMA SE DESFAZ
SOBRA SOMENTE UMA NECESSIDADE INCURÁVEL
QUE SOMENTE TUA PRESENÇA SATISFAZ


ONDE ESTÁ A CORAGEM QUANDO PRECISO?
PORQUE FICO MUDO DIANTE A SITUAÇÃO?
ONDE ESTÃO AS PALAVRAS QUE SEMPRE SE PERDEM
EM MEIOS AOS JOGOS DO MEU CORAÇÃO?


NÃO SEI SE DEVO INSISTIR
NÃO SEI AO MENOS SE TENTO
ACHO QUE VOU DAR ALGO A ALGUÉM
DAREI TEMPO AO TEMPO