Picture
Só uma lembrança pode abalar
As correntes que me prendem nesse chão
Incumbido de uma vida alienada
Em busca de um propósito, uma razão

E é a memória de criança
Que retoma o que há de belo
Na alegria de um olhar
E de um sorriso tão sincero

Queria esquecer de como é ser adulto
E voltar a olhar pra cima inocente
Tentando entender as coisas da vida
E porque tudo é tão diferente

E hoje vivo uma vida fria
Que ás vezes me ilude
Que me ameaça me entregar
A tão sonhada plenitude

 


Comments

As soon as I identified this internet site I went on reddit to share some of the love with them.

Reply



Leave a Reply