Baixe direto do site diversas piadas para ler quando quiser. são 3 arquivos contendo diversas piadas, e todos com menos de 500kb. Arquivo em formato .doc. Divirta-se!!!!
piadas_de_portugas.doc
File Size: 444 kb
File Type: doc
Download File

livro_de_piadas.doc
File Size: 740 kb
File Type: doc
Download File

causos_lendas_e_piadas_02.doc
File Size: 139 kb
File Type: doc
Download File

 
Mandamentos:
Uma professora de escola bíblica estava discutindo os dez mandamentos com seus alunos de 6 e 7 anos. Depois de explicar o mandamento de 'honrar pai e mãe', perguntou: - 'Tem algum mandamento que nos ensine como tratar os nossos irmãos e irmãs?' Um menino, o mais velho de sua família, respondeu: - 'Não matarás.'


Bíblia:
Uma menina estava conversando com a sua professora sobre a passagem bíblica que fala de Jonas, quando foi engolido por uma baleia. A professora disse que era fisicamente impossível que uma baleia engula um ser humano porque apesar de ser um mamífero muito grande, a sua garganta é muito pequena. A menina afirmou que Jonas foi engolido por uma baleia. Irritada, a professora repetiu que uma baleia não poderia engolir nenhum ser humano; era fisicamente impossível. A menina, então disse: 
- 'Quando eu morrer e for ao céu, vou perguntar a Jonas'. A prefossora lhe perguntou: 
- 'E o que vai acontecer se Jonas tiver ido ao inferno?' A menina repondeu: 
- 'Então é a senhora que vai lhe perguntar.'


Futuro certo:
Todas as crianças haviam saído na fotografia e a professora estava tentando persuadi-los a comprar uma cópia da foto do grupo. - 'Imaginem que bonito será quando vocês forem grandes e todos digam ali está Catarina, é advogada, ou também Este é o Miguel. Agora é médico'. 
Ouviu-se uma vozinha vinda do fundo da sala: 
-'E ali está a professora. Já morreu.'
 
DIVISÃO DE BENS

Dois amigos se encontram depois de muito anos.

- Casei, separei e já fizemos a partilha dos bens.

- E as crianças?

- O juiz decidiu que ficariam com aquele que mais bens recebeu.

- Então ficaram com a mãe?

- Não, ficaram com nosso advogado.




REGIME DE EMAGRECIMENTO

- Doutor, como eu faço para emagrecer ?

- Basta a senhora mover a cabeça da esquerda para direita e

da direita para esquerda.

- Quantas vezes, doutor ?

- Todas as vezes que lhe oferecerem comida. 


BODAS

Dois amigos conversam sobre as maravilhas do Oriente..

Um deles diz:

- Quando completei 25 anos de casado, levei minha mulher ao Japão.

- Não diga? E o que pensa fazer quando completarem 50 ?

- Volto lá para buscá-la... 
 
Joãozinho

O Joãozinho foi ao dentista e voltou todo satisfeito.
O pai achou estranha aquela alegria toda e perguntou:
- Tá feliz por quê? Foi boa a consulta?
- Não! É que o dentista não tava lá!


 


Diante do boletim escolar do Joãozinho, uma coleção de zeros, o pai reage aos berros:
- No meu tempo, notas tão ruins como estas eram punidas com uma surra!
- Pois é, pai! Que tal a gente pegar o professor na esquina depois da aula?


 

Paiê, ano que vem você não precisa gastar nadinha para comprar meus livros.
- É mesmo Joãozinho? Porquê?- pergunta o pai todo alegre.
- É que eu repeti de ano!


 

O que está fazendo ajoelhado aí, Joãozinho?
- Rezando para que o rio Amazonas passe para a Bahia, mãe.
- Mas por quê,  filho?
- Porque foi isso que eu escrevi na prova!


 

O Joãozinho apanhou da vizinha e sua mãe foi tirar satisfação:
- Porque a senhora bateu no meu filho?
- É porque ele me chamou de gorda!
- E a senhora acha que vai emagrecer batendo nele?


 

Papagaio

Um homem comprou um papagaio mas quando chegou em casa foi aquela decepção.
O papagaio resmungava, reclamava e xingava o dia inteiro.
O dono tentou amansar o louro, lendo poesia, tocando musica clássica, levou o papagaio ate pra cultos da igreja Universal.
Mas não teve jeito. Passou então a gritar, bater e ameaçar o papagaio, mas, este ficava pior e pior a cada dia.
Um dia, num momento de furia, o dono pegou o papagaio e jogou dentro do freezer.
O papagaio começou a xingar tudo quanto era palavrão ate que, subitamente, calou-se, sem terminar o ultimo palavrão.
Momentos depois, pensando ter matado o louro, o homem abriu a porta do freezer e o louro começou o discurso:
- Sei que meu linguajar tem sido mais do que inapropriado a este ambiente familiar e que minha atitude não condiz com a atenção que o senhor tem me dado. Gostaria de apresentar minhas sinceras desculpas e colocar que, daqui em diante, me portarei adequadamente.
Surpreso com o resultado o dono ia perguntar o que havia acontecido para o papagaio mudar de idéia tão rapidamente, mas, o louro o interrompeu e perguntou:
- Só por curiosidade, o que foi que aquele frango fez?
 
[ O velho e o jardim ]

Um velhinho viúvo vivia sozinho em sua casa.

Ele queria cavar seu jardim, como sempre fazia todo ano, mas era um trabalho muito pesado. Seu único filho, que normalmente o ajudava, estava na prisão.
O velho então escreveu a seguinte carta ao filho, falando de seu problema:
"Querido filho,
Estou triste porque, ao que parece, não vou poder plantar meu jardim este ano. Detesto não poder fazê-lo porque sua mãe sempre adorava a época do plantio depois do inverno. Mas eu estou velho demais para cavar a terra. Se você estivesse aqui, eu não teria esse problema, mas sei que você não pode me ajudar com o jardim, pois está na prisão .
Com amor papai"
Poucos dias depois o pai recebeu o seguinte telegrama:
"PELO AMOR DE DEUS, papai, não escave o jardim! Foi lá que eu escondi os corpos!"
Às quatro da manhã do dia seguinte, uma dúzia de agentes do FBI e policiais apareceram e cavaram o jardim inteiro com pás, reviraram tudo, sem encontrar nenhum corpo.
Logo após a saída dos agentes o velho recebe um telefonema do filho:

- Pode plantar seu jardim agora, pai. Daqui, isso é o máximo que eu posso fazer no momento.


[ Provocando o caipira ]

O Paulista, chegando em um sítio no interior de São Paulo, foi diretamente ao chiqueiro, onde viu um Caipira cuidando da criação. Imediatamente pensou:
"Vou tirar este Caipira", quando perguntou:
-Ô Caipira... Como se chama aquele porco fedorento, gordo, lá no cantinho?
O Caipira respondeu:
- Aquele lá se chama "Ocê"...
O Paulista, morrendo de raiva, sem resposta pronta pelo Caipira te-lo chamado de Porco, foi para o hotel, onde teve uma brilhante idéia e retornou para o Chiqueiro, onde disse:
- Ô Caipira, se aquele Porco chama "Ocê", aquela outra coisa medonha e fedorenta é a " Mãe do "Ocê"?
O Caipira responde:
- Não Sinhõ, aquele alí é o "Pai do Ocê", a "Mãe do Ocê" nois cumemo onte!!!




 
As diferentes versões da história de Chapeuzinho Vermelho segundo cada veículo de comunicação: 

CLÁUDIA 
Como chegar na casa da vovozinha sem se deixar enganar pelos lobos no caminho 

NOVA 
Dez maneiras de levar um lobo à loucura na cama 

MARIE-CLAIRE 
"Na cama com um lobo e minha avó", relato de quem passou por essa experiência 

VEJA 
"... fulano de tal, 23 anos, o lenhador que retirou Chapeuzinho da barriga do lobo tem sido considerado um herói na região. "O lobo estava dormindo, acho que não foi tão perigoso assim, admite." 

FANTÁSTICO (Glória Maria) 
"... que gracinha: gente, vcs não vão acreditar, mas essa menina linda aqui foi retirada viva da barriga de um lobo! " 

CIDADE ALERTA (Luis Datena) 
"...onde é que a gente vai parar, cadê as autoridades? A menina ia para a casa da avózinha. Não tem transporte público! Não tem transporte público! E foi devorada viva. Um lobo, um lobo safado. Põe na tela, põe na tela!" E veremos, tintim por tintim, explicadas as táticas para abordar e enganar a vítima. 

JORNAL DO BRASIL 
"Floresta: Garota é atacada por lobo". Na matéria, a gente não fica sabendo onde, nem quando, nem mais detalhes. O ataque é mais importante que o desfecho. 

O GLOBO 
"Retirada Viva da Barriga de um Lobo". Na matéria, terá o mapa da região. 
O salvamento é mais importante que o ataque. 

A FOLHA DE S, PAULO 
Legenda da foto: "Chapeuzinho, à direita, aperta a mão de seu salvador". Na matéria, teremos um box com um zoólogo explicando os hábitos alimentares dos lobos. 

SEXY 
(ensaio fotográfico com Chapeuzinho) "Essa garota matou um lobo!" 

CARAS 
(ensaio fotográfico com Chapeuzinho) "Na banheira de hidromassagem na cabana da avozinha, em Campos de Jordão, Chapeuzinho reflete sobre seu futuro" 

 

( Biologia moderna )

Um professor, numa aula de biologia, colocou quatro lombrigas em quatro tubos de ensaio.

A primeira em álcool…
A segunda em fumo de cigarro…
A terceira em esperma…
A quarta em terra natural…
No dia seguinte o professor mostra o resultado aos alunos…
A primeira em álcool está: Morta!

A segunda em fumo de cigarro está: Morta!
A terceira em esperma está: Morta!
A quarta em terra natural está: Viva!
O professor comenta e pergunta à classe:
O que podemos aprender com esta experiência?
Imediatamente o Joãozinho responde:
Temos de: beber, fumar e transar para não termos lombrigas!!!




( Traição cara )

Dois casais, um de paulistanos e outro de Mineiros, estavam jogando cartas e uma carta caiu embaixo da mesa. 
O Mineiro abaixou para pegar e deu uma olhadela na mulher do paulista por baixo da mesa, ela estava sem calcinha e com... 
à mostra. Alguns minutos depois o mineiro suando frio levantou para tomar água e a mulher do paulista disfarçou e foi atrás dele. 
Chegando na cozinha ela perguntou:
E aí? O que você achou?
Maravilhoso! - respondeu o Mineiro.
Qualquer 500 reais e a gente conversa - disparou a paulista.
É muito dinheiro, mas tudo bem, é só dizer quando!
Amanhã a tarde ele não vai estar em casa você pode ir lá.
Combinado!
No outro dia a tarde o mineiro chega na hora marcada, paga os 500 reais e manda ver na mulher do paulista. A noite o paulista chega do trabalho e pergunta a 
mulher: O mineiro esteve aqui a tarde?
Sim, respondeu a mulher assustada.
Deixou 500 reais?
Sim, respondeu a mulher completamente apavorada.
Ufa que alívio! Aquele mineiro safado esteve no meu escritório pela manhã, me pediu 500 reais emprestado e disse que passava aqui a tarde sem falta para me pagar...







( Matemática aplicada )

Um professor de matemática envia à sua esposa um fax com a seguinte mensagem:
“Querida esposa: sei que compreendes que agora tens 54 anos, e que eu tenho certas necessidades que já não podes satisfazer. Sou feliz contigo como minha esposa e, sinceramente, espero que não te sintas magoada ou ofendida ao saber que quando estiveres lendo este fax estarei no Big Dick Motel com minha secretária, que tem 18 anos. Chegarei em casa antes da meia-noite.”
Quando o cara chega em casa, vindo do motel, encontra a seguinte carta: “Querido esposo: obrigada pelo aviso. Aproveito a oportunidade para lembrar-te que tu também tens 54 anos. Ao mesmo tempo, te comunico que, quando estiveres lendo esta carta, estarei no Motel Happy Dust com meu professor de tênis, que também tem 18 anos. Como és um matemático, poderás compreender facilmente que estamos nas mesmas circunstâncias, mas com uma pequena diferença: 18 entra mais vezes em 54, do que 54 em 18 ... Portanto, não me espere, porque vou chegar só amanhã. Um beijo da tua esposa que  verdadeiramente te compreende.

 

 
O bêbado entra no ônibus e senta ao lado de um padre. O padre olha para ele com aquele ar de piedade próprio dos verdadeiros santos e diz:

— Você não vê que esse é o caminho pro inferno, meu filho?

— Puta que pariu! — diz o bêbado. — Peguei ônibus errado outra vez.


 


 O bêbado entrou no prostíbulo gritando e fazendo a maior algazarra:

— Eu quero uma mulher! Eu quero uma mulher!

A gerente vendo a confusão e, com medo de perder a freguesia bastante selecionada (a mais fina sociedade local: políticos, banqueiros, grandes industriais e etc...) falou para uma das meninas:

— Bota ele lá dentro de um quarto e joga pra ele aquela boneca inflável que o gringo deixou aqui.

Ela fez o que a gerente mandou. Poucos minutos depois, o bêbado saiu correndo do quarto e gritando para a gerente:

— Me manda outra mulher que aquela é meio maluca. Quando eu dei uma dentada na bunda dela ela soltou um pum e saiu voando pela janela!
 
[ ANINHA ]

Aninha, aquela moça feia, coitada, tão desengonçada que nunca tinha conseguido arrumar um namorado, foi pedir auxílio a uma vidente.Vidente:
- Minha filha!!! Nessa vida, você não vai ser muito feliz no amor. Mas na próxima encarnação, você será uma mulher muito cobiçada e todos os homens se arrastarão aos seus pés... Aninha saiu de lá muito feliz e ao passar por um viaduto, pensou:
"Quanto mais cedo eu morrer, mas cedo começará a minha outra vida!"
E decidiu se atirar lá de cima do viaduto. Mas, por essas incríveis coincidências que só acontecem neste tipo de piada, a moça não morreu, porque Aninha caiu de costas em cima de um caminhão carregado de bananas, perdendo então os sentidos.Assim que se recuperou, ainda atordoada e sem saber onde estava, começou a apalpar em volta de si e, sentindo a protuberância das bananas, murmurou, com um sorriso nos lábios...
- Um por vez... por favor! Um por vez!

[ NOTÍCIA ]

A mulher telefona para o marido:
- Querido, tenho uma noticia boa e uma má!
- Lamento, mas estou no meio de uma reuniao super tensa,me diz só a boa!
- O airbag do seu carro está funcionando direitinho!

[ CALCINHA ALTERNATIVA ]

Depois de comprar um novo estoque de lingerie, ela pediu
que bordassem em suas calcinhas:
Se você consegue ler isto é porque está perto demais.
- Em letras de fôrma?
- Não. Braile, por favor...

[ LIVRO ]

Um homem entra numa biblioteca e pergunta à bibliotecária:
- Pode ajudar-me a encontrar um livro?
- Diga-me o título do livro, por favor.
- «HOMENS: O SEXO FORTE»
- A ficção científica é no piso de baixo!

[ PREMIAÇÃO SEXUAL ]

A mulher conhece um cara num bar, conversam, se entendem, papo vai, papo vem, acabam saindo juntos do bar e vão para o apartamento dele.
Chegando lá, ela nota uma estante com 3 prateleiras, com dezenas de ursinhos de pelúcia.
Na de baixo estão os menores, na do meio estão os de tamanho médio, e na de cima, os ursos grandes.
Ela ficou imaginando: "Que cara sensível, com tantos ursinhos... Que cara especial...", mas decidiu não dizer nada a ele.
Assim, começou a beijá-lo, impressionada com seu lado sensível, e caem na cama, têm uma noitada de sexo maravilhosa...
No dia seguinte, estão deitados, curtindo o pós festa, e ela decide perguntar sorrindo:
- E então, que tal?
E ele responde:
- Pega um prêmio da prateleira de baixo...
 
 
[ Futuro do Brasil ]

O filho fala para o pai:

- Pai, eu preciso fazer um trabalho para a escola, posso te fazer uma pergunta?

- Claro meu filho. Qual é a pergunta?

- O que é Política, pai?

- Bem, vou usar a nossa casa como exemplo. Sou eu quem traz dinheiro para casa, então sou o Capitalismo. Sua mãe administra (gasta!) o dinheiro, então ela é o Governo. Como nós cuidamos das suas necessidades, então você é o Povo. A empregada é a Classe trabalhadora, e seu irmão nenê é O Futuro. Entendeu, meu filho?

- Mais ou menos, pai. Vou pensar...

Naquela noite, acordado pelo choro do irmão nenê, o menino foi ver o que tinha de errado. Descobriu que o nenê tinha sujado a fralda e estava todo emporcalhado. Foi ao quarto dos pais e a sua mãe estava num sono muito pesado. Então, foi ao quarto da empregada e viu, através da fechadura, o pai na cama com a empregada. Como os dois nem percebiam as batidas que o menino dava na porta, ele voltou pro quarto e dormiu.

Na manhã seguinte, na hora do café, ele falou pro pai:

- Pai, agora acho que entendi o que é Política!

- Ótimo, filho! Então me explica nas suas palavras...

- Bom, pai, enquanto o Capitalismo fode a Classe Trabalhadora, o Governo dorme profundamente. O povo é totalmente ignorado e o Futuro está todo cagado!


[ Azarado ]

Depois de vários dias à espreita, avistou um urso grande, mirou e abateu o animal.

Ele estava pulando de alegria quando sentiu um
tapinha no ombro.

Era um urso maior ainda, sacudindo a cabeça em sinal de desaprovação.

-Você não deveria ter feito isso! - disse o urso.

Você matou um dos meus semelhantes, e agora vai ter de pagar.

-Você prefere morrer ou ser estuprado?

Diante das circunstâncias, o caçador escolheu a segunda alternativa, abaixou as calças e entregou-se à lascívia do animal.

O caçador sobreviveu, mas jurou vingança.

Um ano depois, voltou ao Alasca disposto a matar o urso que o violentara.

Ele avistou o animal, mirou e o abateu com um único tiro...

...mas logo sentiu um tapinha nas costas: era outro urso, e muito maior do que aquele que havia matado.

- Você matou um dos meu semelhantes e vai ter de pagar!, disse o urso.

- Você prefere morrer ou ser estuprado por mim?

O caçador não podia acreditar naquilo! A cena se repetia!

Ele abaixou as calças e, jurando novamente
vingança, entregou-se ao vigor daquele animal monstruoso.

No ano seguinte, sedento por uma desforra, o caçador voltou ao Alasca.

Avistou o gigantesco urso que o comera, mirou e abateu o animal com um tiro certeiro...

...para logo sentir outro tapinha nas costas.

Era um urso descomunal, que disse:

- Fala a verdade, você não vem aqui pra caçar,
vem?



[ Motoqueiro preocupado ]

Um cara adorava motos Harley Davidson. Juntou dinheiro durante um
tempo e foi até a revendedora. Chegando, o vendedor lhe disse:
- Temos a última, que não foi vendida ainda porque tem um pequeno defeito de fábrica. Não passou pelo ultimo estágio de secagem da tinta e, portanto não pode molhar senão mancha a pintura.
- Não tem solução ? - perguntou o nosso amigo.

- Tem - disse o vendedor - Quando o tempo estiver para chover, passe vaselina na moto que preserva a pintura, sem problemas.

Sem pensar duas vezes, comprou a moto, passou na farmácia, comprou a vaselina e guardou no bolso. À noite, sua namorada convidou-o para jantar em casa. Ele chegou, deixou a moto na rua e foi entrando. A namorada foi avisando:

- Querido, depois do jantar não fale nada, não abra a boca, porque a norma aqui em casa e a seguinte: o primeiro que falar qualquer coisa tem
que lavar a louça.

- Tudo bem - disse ele.

Após o jantar, todos quietos. Começou a relampejar. Nosso amigo
pensou:

- E agora ? A moto lá fora e eu não posso falar nada...

Teve uma idéia. Agarrou a namorada e tascou aquele beijo de língua, na frente dos pais, na esperança que alguém protestasse. Ninguém falou nada. E da-lhe relâmpago. Agarrou a moça de novo, deitou-a na mesa e comeu a menina ali mesmo. Ninguém falou nada. Ia começar a chover a qualquer momento. Não teve dúvida, agarrou a sogra e comeu a velha também. Nada, ninguém falou absolutamente nada. Quando ouviu o primeiro pingo de chuva lá fora, levantou rapidamente, tirou a vaselina do bolso e... foi quando o sogro assustado, disse:

- Chega...chega...chega... Guarda essa merda de vaselina.Pode deixar que eu lavo a louça!!!



    Picture

    Selecione a página ou a categoria

    Picture
    Picture

    Picture
    piadas
    Picture
    Filosofias
    Textos

    Deixe seu recado.
    Sua opinião é importante.

    Esta página é somente texto, para aqueles com conexões lentas ou que não gostam de esperar, possam se divertir.

    Autor

    Site criado e editado por POK.
    Críticas e sugestões mande e-mail para awasebugga@gmail.com

    Arquivos

    Abril 2010
    Fevereiro 2010
    Janeiro 2010
    Dezembro 2009
    Novembro 2009