Picture
 
 
Picture
Pela janela vejo os carros com seus cavalos galopando

Passeando pela floresta de pedra e pelo campo sujo

Deixando seu rastro de poeira cinza

Bebendo água dos rios de gasolina

Que insistem em governar meu mundo

Escrita por:César Henrique Kopp
 
 
Picture
Um dia....
 
Mais um dia...
 
Um dia como todos outros
 
O que fazer nesta tarde triste e fria
 
Se não morrer de tédio aos poucos?

Escrita por: César Henrique Kopp
 
 
fim alone sofrimento mulher poesia
Quero acordar sem essa tristeza
Quero sair e saber para onde vou
Quero ser realmente quem sou
Somente uma garota indefesa

Quero tirar essa sensação ruim
Quero livrar-me dessa dor constante
Quero sentir-me ás vezes importante
E não pensar somente no fim

Quero um objetivo que me motive
Quero um beijo que seja sincero
Quero um amor que seja eterno
E uma felicidade que eu nunca tive

Quero um abraço reconfortante
Quero um susurro ao meu ouvido
Quero correr alguns perigos
E viver a vida por um instante

Quero uma noite de lua cheia
Quero um vinho em um cálice
Quero uma música que não acabe
E conseguir ouvi-la inteira

Quero tantos quereres e nada faço
Quero também uma resposta inteira
Quero que ela diga uma maneira
Pro meu querer ser só passado

Escrita por: César Henrique Kopp
 
 
Picture

Suas palavras, doces mentiras
Sua promessas soam sem valor
Uma emoção que parecia tão viva
Se tornou apenas ilusão do amor


A verdade que antes eu sentia
Permanecia enquanto você falava
Agora resta só a sombra de um dia
Em que eu acreditava em suas palavras


César Henrique Kopp